Psicomotricidade de
Orientação Transpessoal  
O resgate do eu através do corpo

Psicóloga Neli Maria Tavares

Falar de psicomotricidade é colocar o corpo em discussão. O termo ‘Psicomotricidade’ é usado para designar a ciência que tem uma concepção de movimento organizado e integrado, em função das experiências vividas pelo sujeito, cuja ação é resultante da individualidade, linguagem e socialização.

A Psicologia Transpessoal é o campo que mais estuda todo o espectro da consciência. Ela inclui todas as facetas da psicologia e da psiquiatria e então adiciona os aspectos mais profundos e elevados da experiência humana, que transcendem o comum e o médio.

Para a Psicologia Transpessoal, a espiritualidade é um aspecto central do desenvolvimento humano, parte da própria biologia subjetiva. Sendo assim, a espiritualidade envolve a necessidade de transcendência, sensação de bem estar que é experimentada quando encontramos um propósito, um sentido significativo para a vida, os quais favorecem experiências transpessoais.

A Psicomotricidade de Orientação Transpessoal alia as duas técnicas para olhar além da integração entre corpo e psiquismo, entrando no campo espiritual para desenvolver áreas não desenvolvidas, reconectando, assim, a pessoa com sua essência. Este processo desbloqueia a alegria, as angústias, e traz à tona a luz que todos temos. E quem conta essa história é o corpo. O corpo é nossa linguagem mais expressiva e ele traz registros muito profundos quando colocado em movimento para liberar o prazer bloqueado ou reprimido pela personalidade.

Quando liberamos a expressão corporal, resgatamos aquela criança ferida da infância, trazendo à tona uma pessoa mais feliz e equilibrada. Isso nos reconecta com o eu, melhora a autoestima, a ansiedade, as angústia e, principalmente, a angústia de morte. É um processo que pode ser transformador.

Trabalhar a Psicomotricidade de Orientação Transpessoal com crianças é maravilhoso porque podemos atuar diretamente no desenvolvimento deste ser, tornando-o mais saudável e equilibrado. Mas o trabalho também tem efeito transformador com adultos e idosos.

Conheça mais sobre o tema
Quer desenvolver sua intuição? 
Entre em contato conosco.